quarta-feira, 23 de março de 2016

Comissão avalia condições de segurança do monotrilho em Poços de Caldas


24/01/2012 - Prefeitura Municipal de Poços de Caldas

Em maio do ano passado, foi nomeada uma comissão processante formada por quatro servidores municipais

Foi nomeada, na última sexta-feira (20), comissão técnica para avaliação das condições da estrutura do monotrilho, que tem um mês para apresentar relatório da atual situação do equipamento.

A portaria 4.157 foi publicada no Diário Oficial do Município e nomeia os servidores Paulo Roberto Rodrigues Milton e Antônio Ernesto Guidugli para avaliarem a estrutura do monotrilho. Eles têm prazo de 30 dias para apresentação de Laudo Técnico de Avaliação.

"Estamos procurando todas as alternativas no sentido de avaliar o que podemos fazer com o monotrilho. Entramos com uma ação administrativa, mas não conseguimos uma conciliação com a empresa", explicou o prefeito Paulo César Silva.

Ele destacou, ainda, que há um clamor popular sobre o assunto, sobretudo no que diz respeito à segurança das vigas que compõem a estrutura do monotrilho, na avenida João Pinheiro. "Inclusive, já tivemos problemas no passado", alertou. "Por isso, este laudo poderá ser um instrumento para que o município tome uma decisão definitiva sobre o monotrilho", completou.

Em maio do ano passado, foi nomeada uma comissão processante formada por quatro servidores municipais, responsável pelo processo administrativo movido contra a empresa que deveria explorar o serviço. A empresa foi notificada e apresentou defesa preliminar. No entanto, não houve rescisão amigável do contrato.

Agora, o processo administrativo está na fase de oitiva das pessoas envolvidas, iniciando com o secretário de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, Misael de Mendonça. O contrato com a empresa foi firmado em 1981, com prazo de concessão de 50 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário